Amazônia

Desenvolvimento Sustentável da Amazônia. Cenários, perspectivas e indicadores.

O Potencial da Amazônia

1. Devido à sua continentalidade, a Amazônia tem a grandiosidade universal, pois ela representa:

  • um vigésimo (5%) da superfície terrestre;
  • um quinto (20%) das disponibilidades mundiais de água doce;
  • um terço (33,3%) das florestas latifoliadas;
  • um décimo (10%) da biota universal;
  • um vigésimo e cinco avos (4%) da capacidade de sumidouro de carbono, produzido pela queima de combustíveis fósseis dos países industrializados;
  • três quintos (60%) do território brasileiro;
  • quatro décimos (40%) do continente sul-americano;
  • quatro milésimos (0,4%)da população mundial.

2. A despeito dessa massa de grandeza física e de grandeza potencial de recursos florestais, hídricos, minerais, energéticos e outros recursos, a Amazônia continua a ser uma região economicamente pobre. A pobreza humana é conseqüência da falta ou insuficientes serviços básicos ou de infra-estrutura social, política, educacional, científica, tecnológica que permitam a exploração e todo o potencial de sua geo-bio-eco-diversidade embases sustentáveis. Agravados pelas grandes distâncias e pela carência de cadeias produtivas que assegurem emprego, renda e tributos para fazer face aos elevados custos da administração pública.

3. A idéia original de que a região amazônica era uniforme do ponto de vista geográfico foi, também, substituída pelo reconhecimento da existência de diferentes regiões, zonas fitográficas e ecossistemas diferenciados. É preciso, pois, reconhecer esse fato, para que não venhamos a aplicar logística e política pública uniforme, quando a realidade nos indica a necessidade de sua regionalização, levando em consideração a tipicidade e a característica de cada uma delas.

Assim, é imperioso reconhecer a distinguir a existência de, pelo menos, sete sub-regiões, que necessitam de tratamento próprio e diferenciado.

Nós da ABL acreditamos que a Internet é uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento sustentável da Amazônia.